Metade das novidades absolutas da marca norte-americana serão SUV. A maior novidade deverá ser o XT1, um crossover para concorrer com o BMW X1.

A Cadillac prepara-se para alargar a sua oferta, com a introdução de oito novidades absolutas em apenas quatro anos. De acordo com a Automobile, cerca de metade das apostas da marca luxo norte-americana serão SUV. Pelo meio, o imponente e atual “porta estandarte” Escalade continuará a ser feito com base nos mesmos moldes, mas com a promessa de uma suspensão mais sofisticadas e motores mais potentes.

Quanto às novidades no campo do SUV, deverão começar com o XT4, um concorrente do BMW X3 e do Mercedes-Benz GLC. Em 2019, está previsto o XT7, SUV alinhado com o BMW X7 e Mercedes-Benz GLS. Seguir-se-á o XT1 para 2020, para concorrer diretamente com o BMW X1 e Mercedes-Benz GLA. A geração seguinte do XT5, um rival do BMW X5 e do Mercedes-Benz GLE, será lançada em 2021.

Mas a Cadillac não ficará por aqui, com a aposta também em berlinas. Para 2019, está agendado o lançamento do CT5, um substituto para o CTS (que se posicionará entre o CT6) e o topo de gama CT8, a lançar em 2021. Mas já em 2018 poderá surgir o CT3, um concorrente para o Mercedes-Benz CLA. Por fim, em 2021, conta-se que seja aposta o CT1, rival do BMW Série 1. Estas propostas deverão seguir linhas do protótipo Escala (na imagem), assim como do Elmiraj e do Ciel. Para já, não foram mencionadas variantes coupé ou cabrio, nem os desportivos V.

Assine Já

Edição nº 1460
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes